3 Comentários

Amigos (Im) Perfeitos são para sempre

Carlos e Boris os idealizadores do projeto com gatos e cães especiais
Carlos e Boris

O Pet Shop News já publicou histórias de vários cães especiais, como o Picasso, que nasceu com deformidade da mandíbula superior, ou de Murray, que teve cinomose quando filhote, foi abandonado em uma praia para morrer, mas foi adotado a tempo, venceu a doença, mas ficou com sequelas.

E agora, conhecemos o trabalho maravilhoso do fotógrafo português, Carlos Filipe, tutor do Boris e, que depois da adoção, levou o artista lusitano para a fotografia de animais e, em 2019, lançou seu primeiro livro, chamado Amigos (Im) Perfeitos.

Acompanhe abaixo a conversa que tivemos com Carlos Filipe e veja a Exposição Virtual Amigos (Im) Perfeitos que preparamos para os leitores

PetShopNews – Qual é a sua motivação para fotografar cães, gatos e pets em geral?

Carlos Filipe – Eu nunca tinha fotografado animais até ao dia que adotei o meu cão Boris. O Boris é um acaso da vida que se tornou num amor maior e quase inexplicável.

A vontade de adotar um amigo de quatro patas levou-me entrar no universo dos animais de rua. Onde descobri todo um novo mundo, que mudaria a minha vida para sempre.

O destino preparou a adoção sozinho e sem pedir autorização… um ser com dois meses, recolhido na beira de uma estrada com uma corda roída atada ao pescoço entrou de rompante na minha vida.

Este pequeno ser despontou uma nova paixão na arte de fotografar… a fotografia de animais. Aos poucos comecei a aplicar nele todos os meus conhecimentos de fotografia. Tudo o que sabia em relação a iluminação, retrato e fotografia conceptual comecei a aplicar nele.

Aos poucos comecei a receber feedback das pessoas que acompanhavam o meu trabalho mostrando-me que estaria no caminho certo. Numa altura em que as ideias e os conceitos pareciam perder-se no papel, numa época em que a objetiva era apontada ao acaso à procura de inovação, o Boris tornou-se uma inspiração e um modelo incrível.

A procura por novos modelos levou-me a contatar Associações de Defesa de Animais de forma a poder contribuir com o meu  trabalho de uma forma ativa e ajudá-los a recolher fundos pois toda esta incursão mostrou-me as dificuldades econômicas que estas associações enfrentam para providenciarem cuidados veterinários a animais resgatados, muitas vezes em precárias condições de sobrevivência, promoverem a esterilização com o objetivo de impedir o aparecimento de novas ninhadas abandonadas nas ruas ou simplesmente providenciarem alimento para os animais que abrigam.

Surgiu assim a ideia de levar a cabo uma sessão fotográfica cujos lucros revertessem integralmente para a associação. Nesta primeira fase o meu objetivo foi apenas de ajudar outros animais de rua como o meu angariando dinheiro que pudesse ajudar estas pessoas.

Num ano realizei uma série de sessões em vários locais do Algarve, Portugal,  e já angariei mais de 2000€ para associações.  Aos poucos as pessoas começaram a contatar-me para fotografar os seus animais de estimação e foi assim que entrei neste mundo fantástico dos animais. Abri o meu estúdio em que os animais são 100% bem-vindos e continuo a receber de forma gratuita animais de rua que fotografo para ajudar na sua adoção.

O meu maior prazer é dar a todas as pessoas a possibilidade de ficarem que o melhor que levamos desta vida: fotografias e memórias eternas dos nossos melhores amigos colocando na fotografia o melhor que temos: o amor.

PetShopNews – E como idealizou e realizou o Projeto  Amigos (im) Perfeitos, com gatos e cães especiais?

Carlos Filipe – Foi durante estas sessões que comecei a conhecer animais diferentes: surgiram gatos sem olhos, cães especiais com apenas 3 patas… e durante a sessão os donos iam contando como tinham adotado aqueles animais com passados arrepiantes, mas, que foram capazes de marcar a vida de quem escolheu dar-lhes um presente e um futuro dignos, não obstante as suas limitações.

Confesso que fiquei chocado ao início, mas depressa esse medo inicial se transformou num fascínio pela sua beleza peculiar e uma curiosidade avassaladora em saber o percurso de cada um deles: o que lhes aconteceu? Como superaram? O que levou o tutor a adotar um animal diferente? Como é o dia a dia de um animal assim?

Nesta primeira fase o meu objetivo foi apenas de ajudar outros animais de rua como o meu angariando dinheiro que pudesse ajudar as pessoas que realizam esse trabalho.

Em todos estes encontros que desenvolvi, surgiram cada vez mais animais diferentes, com histórias surreais e foi assim que me surgiu a ideia de  partilhar com o mundo as estórias destes heróis de quatro patas que com vidas traumatizantes são capazes de tornar mais felizes quem escolheu incluí-los na família.

A ideia inicial era criar uma exposição de imagens em que todos pudessem ver a beleza destes animais… mas as histórias eram tão incríveis que seria uma pena não mostrar igualmente as histórias. Resolvi então incluir a componente de vídeo em que todos pudessem conhecer a história de cada um dos animais contada na primeira pessoa por quem os adotou. Pedi ajuda a um amigo, na altura, para me ajudar a fazer os vídeos e lancei os vídeos no YouTube.

Arrancou assim o projeto AMIGOS (im)PERFEITOS. Os vídeos rapidamente começaram a ganhar visibilidade na internet e começaram a sair artigos nos jornais sobre o projeto, bem como convites para ir aos programas de televisão.

Surgiu depois o convite por parte da editora ALMA LUSA que transformar o projeto “Amigos (Im)Perfeitos” num livro de forma a chegar a uma maior audiência e globalizar ainda mais estes heróis.

Gatos e cães especiais são os modelos fotográficos do livro
Capa do Livro

Passei cada uma das histórias para o papel com as fotografias de cada um colocando em cada uma delas um código que o leitor, com a ajuda do seu celular, pudesse chegar ao vídeo de cada uma das histórias.

O livro, apesar de ser uma tiragem de autor com poucos exemplares, depressa se tornou um sucesso levando-me a apresentar o mesmo em vários locais. Nas apresentações falei um pouco sobre o projeto e pedi a cada pessoa que levasse alguma comida para doar a uma associação.

Depois surgiu-me a ideia de ir visitar escolas e apresentar o livro às crianças: falar sobre o meu trabalho, mostrar os amigos imperfeitos e falar com eles, a nossa geração futura, sobre a importância do respeito pela diferença, a importância da adoção de animais e como poderiam ajudar com o seu voluntariado. As visitas à escola foram um sucesso e os alunos enviaram-me desenhos e trabalhos que fizeram sobre toda a informação que receberam nessas sessões.

Numa fase nova chegamos à exposição fotográfica numa galeria de animais  únicos com histórias extraordinárias, muitas vezes pautadas pela tragédia, mas que nos brindam com exemplos de coragem e provas vivas de amor por quem os acolheu e os abraçou sem olhar às suas diferenças.

”Todos os animais que conheci enfrentaram as amputações, a cegueira, a paralisia, os traumas originados pela maldade humana. Mas todos eles encontraram alguém que os abraçou e ama sem se deixar assustar pelas suas diferenças.

Gatos e cães especiais em livro, exposição e notícias pelo mundo

Este é um projeto sempre em crescimento porque todas as histórias de luta, coragem e sobrevivência merecem uma narrador. E o público merece conhecer estes Amigos imPERFEITOS.

 Amigos (Im)perfeitos é uma exposição que oferece, a quem a visita, uma viagem por uma galeria diferente. Nela vão conhecer um conjunto de animais que mudaram a vida de todos à sua volta pela sua força de viver, pelo amor que entregaram a quem os acolheu e levantaram a cabeça quando o mundo parecia querer deitá-los abaixo.

Todos eles têm uma história que foi contada por quem os salvou. Eles têm uma beleza carismática. E, eles têm algo para nos ensinar.

 Nesta viagem cada retrato destes amigos mais que perfeitos é acompanhada com uma carta do mesmo mostrando um pouco da sua história. Não é uma descrição do que está na fotografia… é uma apresentação da sua vida.

Como não existem palavras suficientes que descrevam cada história, esta exposição oferece ainda a componente interativa aos visitantes de poder, com a ajuda do seu celular, digitalizar o código em cada fotografia para assistir ao vídeo sobre cada um dos amigos tornando a experiência muito mais interativa.

Conheça o Entrevistado

Carlos Filipe é natural de Aljustrel. Licenciou-se em Português e inglês e mudou-se para o Algarve em 2005. Começou a fotografar em 2009 por mera curiosidade tendo como foco do seu trabalho os auto-retratos e a fascínio por fotografia conceptual. Durante vários anos empenhou o seu trabalho em retratar emoções, sentimentos e histórias que o levou a construir várias exposições por várias regiões do país.
Publicou inúmeros trabalhos em jornais e revistas tendo feito uma pausa no seu percurso criativo para viajar pelo mundo em busca de inspiração. Quando regressou a Portugal recomeçou o seu percurso fotográfico tendo-se especializado em fotografia de animais de estimação quando decidiu adotar o seu melhor amigo Boris.
Em 2019 Lançou o seu primeiro livro “Amigos (im)Perfeitos” com fotografias e textos de sua autoria. Nesse mesmo ano  inaugurou o seu estúdio fotográfico em Lagoa onde, além de oferecer todos os seus serviços fotográficos, recebe animais abandonados oriundos de todo o pais que fotografa para ajudar na sua adoção.

 (Im) Perfect friends are forever


PetShop News has already published stories of several special dogs, such as Picasso, who was born with upper jaw deformity, or Murray, who had distemper and was left on a beach to die, but he was adopted in time and overcame the disease.

And now, we know the wonderful work of the Portuguese photographer, Carlos Filipe, Boris' tutor and who, after adoption, took the Portuguese artist to the photography of animals and, in 2019, released his first book, called (Im) Perfect Friends.

In the interview, Carlos Filipe explains that he had never photographed animals until the day he adopted Boris, who became his bigger love that he can't even explain. Carlos says: "a dog two months old, left on the side of a road with a gnawed rope tied, suddenly came into my life and brought good times! "

After photographing Boris, Carlos sought out Animal Defense Associations to contribute to their work and help raise funds for maintaining veterinary treatments and care.

After meeting mutilated dogs and cats and the love stories between the owners and those pets, Carlos Filipe had the idea of making an exhibition with photos and telling these stories of overcoming and love. The invitation by the publisher ALMA LUSA
 transformed the project "Friends (Im) Perfect" into a book in order to reach a greater audience and further globalize these heroes.

Meet the photographer = Carlos Filipe is from Aljustrel. Graduated in Portuguese and English and moved to the Algarve in 2005. In 2019 he launched his first book “Amigos (im) Perfeito” with photographs and texts by him.

That same year he opened his photographic studio in Lagoa where he offers all his photographic services, receiving abandoned animals from the whole country that he photographs to help in their adoption.

Collaboration and text in English by Felipe Paiola ==== Colaboração e texto em inglês de Felipe Paiola

Exposição virtual Amigos (im) Perfeitos
Virtual exhibition Friends (im) Perfect

Fotografias do Projeto Amigos (im)Perfeitos, Animais de Rua, Pets no estúdio e apresentação do projeto em escolas

Relacionados

3 Comentários. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu