Nenhum comentário

As raças de cachorros originárias da Rússia

O Pastor Caucasiano é uma das raças de cachorros russos
O enorme Pastor Caucasiano é um cão popular na Rússia

A Rússia,  o maior país do mundo em extensão territorial, tem uma cultura tão rica quanto diversificada. A história oficial aponta mais de 18 séculos de ocupação, mas, foram desenterrados fósseis de 35 mil anos de idade, entre eles, ossos de animais, que podem ser das primeiras raças de cachorros russos.

A sua vasta extensão faz com que a Rússia esteve em boa parte da Europa oriental e do norte da Ásia, com relevos e climas muito diferentes entre si, de acordo com a região. Por outro lado, possibilitou a criação de 41 parques nacionais, 101 reservas biológicas e 40 reservas da biosfera da UNESCO.

O país ainda possui as maiores reservas florestais da Europa e Ásia, menores apenas que a Amazônia, e hoje, a Rússia tem mais de 400 espécies de animais protegidos da caça e extinção.   

As raças mais conhecidas

Durante toda a história, do que hoje conhecemos como território russo, várias raças de cachorros foram se desenvolvendo e participando da colonização de diversas regiões.

Algumas surgiram de cruzamentos espontâneos ou naturais, enquanto que outras buscavam fins específicos. Esse é o caso do Terrier Preto da Rússia, desenvolvido durante a 2ª Guerra Mundial para farejar minas explosivas e localizar sobreviventes em desmoronamentos.

No Brasil, uma das mais populares raças russas de cachorros é o Husky Siberiano. Nos anos 1920, uma uma matilha de huskys ajudou  a salvar a população da cidade de estadunidense de Nome, levando suprimentos e remédios, pois estava isolada pelas tempestades de neve e assolada por uma epidemia de difteria.

 As principais raças de cachorros russos

Borzoi é uma raça de cachorros russos admirado no mundo todo

Borzoi russo

Esse ágil cachorro alcança incríveis 90 quilômetros por hora de velocidade e, sempre participaram de caçadas com seus tutores. As pernas longas e corpo esbelto mostram sofisticação e elegância, mas também, escondem um cão alegre, brincalhão e por vezes, muito teimoso. Hoje em dia, não está tão presente nas ruas de grandes cidades russas, mas sim, em aldeias.

Pastor caucasiano

Sem dúvida, um dos maiores cães do mundo. Apenas com 2 anos de idade podem pesar 125 quilos. Essa raça foi se aprimorando durante séculos e, assim,  aumentando o seu tamanho. No Cáucaso eles cuidavam das pessoas de ataques de outras tribos, bem como protegiam as ovelhas de predadores. Hoje, são os preferidos para os serviços de guarda.

Leia também: O cachorro que flutua ao caminhar

Toy Terrier russo

Essa pequena raça, desenvolvida principalmente para a captura de ratos, hoje, são pets de companhia, sendo muito comum encontrá-los dentro das bolsas de seus tutores, durante os passeios.

Cão de Guarda de Moscou

Muito parecido com o São Bernardo, por suas cores e porte, no entanto, essa é uma raça nativa da Rússia. Nos últimos anos, a raça está se popularizando em vários países do mundo. Nos EUA, a primeira ninhada dessa raça russa nasceu somente em junho de 2015.

Terrier Preto da Rússia

Também desenvolvida na Rússia, o Terrier Preto da Rússia  surgiu entre os durante os anos 1940, para trabalhos de resgate de pessoas e localização de minas explosivas. É uma raça que resiste às variações de clima, possuem energia e vigor físico, chegando a pesar 70 quilos e medir quase 80 cm de altura (centelha).

Husky Siberiano

Entre os cães da Rússia, é o mais popular no Brasil, tendo que se adaptar ao clima quente dos trópicos. Inicialmente, eles eram os puxadores de trenós no frio siberiano, levando pesadas cargas a longas distâncias, mesmo durantes intensas tempestades de neve. A raça chegou ao Canadá e Estados Unidos durante a corrida do ouro no Alaska, no final do século 19.

Laika é uma raça de cachorros russos com muitas variações
Laika da Sibéria Ocidental é uma das variáveis da raça Laika

Laika

Nome bastante comum de cães no Brasil e no mundo, é uma das raças de cachorros russos que possui variações, conforme a região onde vivem. Por isso, existe a popular Laika da Sibéria Ocidental, que é menor e mais veloz que as demais, a Laika da Sibéria Oriental e ainda, a Laika da Yacutia, originária do Ártico, em Sakha (Yakutia) 

A interferência humana para nova raça russa

Em 2018, Aeroflot Russian Airlines solicitou registro de um cão farejador. Os especialistas contratados da empresa criaram uma nova raça e, desta maneira, apresentou no Aeroporto Internacional de Sheremetyevo alguns exemplares da raça Shalaika, também conhecido como Cão de Sulimov, pois foi o biólogo Klim Sulimov o responsável pelo projeto.

Sulimov é uma raça híbrida de cachorros russos
Sulimov é um cão híbrido entre pastores e chacais

Trata-se de um híbrido do cruzamento de dois pastores finlandeses da lapônia e dois chacais dourados turcomanos. Com seu faro apurado, o Shalaika é responsável pela segurança de bagagens e das aeronaves da Aeroflot.

Breeds of dogs from Russia
Russia, the largest country in the world in territorial extension, has a culture as rich as it is diverse, official history points to more than 18 centuries of occupation, but 35,000-year-old fossils have been found, among them bones of what may be the first Russian dog breeds.
Throughout history, from what we know today as Russian territory, several dog breeds have been developed. 
Among the main Russian dog breeds are Borzoi, Caucasian Shepherd, Russian Toy Terrier, Black Terrier, Siberian Husky and the Moscow Guard Dog.

 By human hand
In 2018, Aeroflot Russian Airlines requested registration of a sniffer dog developed by specialists hired by the company and, in this way, presented at Sheremetyevo International Airport some specimens of the Shalaika breed, also known as the Sulimov Dog, as it was developed by biologist Klim Sulimov.
It is a hybrid of the cruising of two Finnish shepherds from Lapland and two turcoman golden jackals. With its sharp nose, Shalaika is used in the safety of Aeroflot aircraft.
Collaboration and texts in English by Felipe Paiola
Colaboração e textos em inglês de Felipe Paiola

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu