Um caçador dourado e cheio de charme!

Golden Retriever é inteligênte, amável e muito companheiro

Quem vê o Golden Retriever hoje, sempre amigo, inteligente e brincalhão, nem imagina que no passado ele acompanhava os caçadores e era fundamental para perseguir e trazer os animais abatidos.

Por aprender com rapidez novas habilidades é uma raça bastante popular no cinema, como na série de filmes com o protagonista Bud, que começou com Bud –  O cão amigo, em 1997. Depois vieram muitos outros com : Air Bud: Uma Jogada Perfeita (2002), Bud: Jogando Futebol (2000), Bud 5: Arrasando no Vôlei (2003) Super Buddies (2013)  e o último (por enquanto), foi A Arte de Correr na Chuva, de 2019.

A origem do Golden Retriever

A palavra inglesa “retriever” significa “aquele que recupera”. Em uma tradução mais livre pode ser entendido como “aquele que traz de volta”. Para os mais acostumados com a caça, é o “cobrador” ou “recuperadores. Aqueles cães que vão buscar a caça abatida.

A raça nasceu na década de 1850, na região de Guisachan, nas terras altas da Escócia, na propriedade rural de Sir Dudley Marjoribanks —o Barão de Tweedmouth. O primeiro cruzamento foi de um cão perdigueiro amarelo com uma cadela Tweed Water Spaniel, raça já extinta, porém, bastante comum para a época.

A partir de 1868, os cruzamentos produziram quatro cachorros. Estes se converteram em matrizes para um programa de melhoramento genético para o Setter irlandês, o Bloodhound, o Cão das Águas de São João, entre outros.

Em 1927, o padrão da raça foi reconhecido e registrado mundialmente, sendo classificado no grupo 8, designado aos Retrievers, Levantadores e Cães D’Água.

Esses melhoramentos resultaram em uma raça de cães saudáveis, que vivem até 12 anos, com inteligência aguçada e muita disposição física.

Uma curiosidade é que existem dois tipos de Golden Retriever, o britânico, com um focinho mais largo e rabo mais curto e, o canadense, com cabeça maior, corpo mais pesado e pelos mais compridos.

Os filhotes de Golden Retriever são ativos e brincalhões

O temperamento da raça

Falar da inteligência e temperamento equilibrado do Golden Retriever é ficar repetindo o que todos já sabem. Basta observar os cães terapêuticos, que visitam pacientes em hospital ou são cães de companhias para pessoas com autismo, dificuldades de socialização, deficiência visual, entre outros.

A verdade é que o Golden é um cachorro bastante amigável, com pessoas e animais, que gosta de estar entre os tutores e grupos familiares e raramente ataca ou late sem necessidade.

Não são cães de uma só pessoa, sendo amigáveis até com desconhecidos, o que lhes tira a responsabilidade de serem guardas da casa. São cães ativos, com comportamento paciente. Isso é próprio de um cão de trabalho, que senta-se em silencio durante horas, antigamente para esperar a caça, e hoje para contemplar calmamente o pôr do sol com sua família.

Leia também: 7 raças para você se apaixonar

Cuidados com a saúde e alimentação

O Golden Retriever é uma raça de médio porte, alguns até de grande porte, que vive até os doze anos, com boa qualidade de vida. No entanto, os tutores precisam ficar atentos aos exercícios físicos e à alimentação adequada.

O tutor deverá levar periodicamente para a consulta veterinária para exames, pois, a raça tem predisposição para displasia coxofemoral, cataratas e sobrepeso.

Por esta razão, o exercício diário é essencial para manter os cachorros em atividade, fortalecer a musculatura e gastar a enorme quantidade de energia que eles armazenam.

Pois, com a falta de atividade, pode ocorrer ansiedade. E, com ela, vêm os móveis destruídos, vasos quebrados, sapatos roídos e outros comportamentos não muito agradáveis para os tutores.

Os Golden Retrievers também podem ser alérgicos a uma variedade de substâncias, desde alimentos até pólen. Por exemplo, se ele estiver lambendo suas patas ou esfregando muito o rosto, é hora de procurar atendimento veterinário.

A alimentação deve ser balanceada e em quantidades próprias para a fase em que o pet estiver. O Golden Retriever costuma ser guloso e, por isso, tentará de todas as maneiras ganhar um petisco, não importando a hora ou quantas vezes ao dia.

A suplementação alimentar, somente com orientação veterinária. Uma alimentação equilibrada  garantirá, por exemplo, o peso ideal, saúde e uma pelagem dourada, vibrante e sedosa.

Quanto a escovação, ela  precisa ser, no mínimo, semanal, os banhos podem ser a cada três meses. No entanto, usando sempre o bom senso e observação do estado geral do cão.

O Golden Retriever é uma das raças preferidas em muitos países do mundo, seja por sua inteligência para os trabalhos ou pela sua extrema beleza. Por exemplo, no Brasil existe o Conselho Brasileiro da Raça Golden Retriever (CBRGR) . O Conselho oferece assessoramento técnico e consultivo da Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), promovendo e orientando os criadores e amantes dessa raça.

Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu