Nenhum comentário

Adoráveis gatos sem pelo

Sphynx é um dos mais populares gatos sem pelo
Sphynx surgiu no Canadá

Os tutores afirmam categoricamente que os gatos são criaturas únicas. Os exemplares da raça Sphynx (esfinge em inglês) ou gato egípcio, bem como as outras raças de gatos sem pelo, comprovam essa máxima dos amantes dos felinos.

Para começar, como já foi citado, eles não tem pelos  e sua pele forma rugas e dobras, muitas vezes com as veias bem salientes. Resultando, uma pele parecida com a de alguns cães, como por exemplos, o Shar-pei e o Xoloitzcuintl, o cão pelado do México.

Ao contrário dos que muitos pensam, mesmo chamado de egípcio, o Sphynx surgiu no Canadá, em meados da década de 1960, quando nasceu uma ninhada com características muito estranha.  

Descobriu-se que a presença de um gene recessivo, denominado Alopecia hereditária  foi o causador dos filhotes sem pelos. Depois que eles cresceram foram cruzados e , assim, deram origem a mais uma ninhada de gatos sem pelo .

Inicialmente foram chamados de “Moon’s cat” (gatos da lua), depois de “Canadian naked” (gatos pelados do Canadá), algum tempo depois receberam o nome definitivo, Sphynx, em razão de serem parecidos com a esfinge de Gizé, do Egito.

As características do Sphynx

À primeira vista, muita gente se impressiona, achando que o gato sem pelo tem cauda de rato, cabeça de réptil e orelhas de morcego. Porém, essa impressão desaparece rapidamente, alguns minutos em contato com o felino e já se pode sentir sua doçura, em seus movimentos elegantes.

O Sphynx alcançam porte médio, chegando a medir, no máximo 60 cm e 7 kg. Os olhos, em formato de limões, são suavemente inclinados, profundos e rasgados e, podem ter várias cores, inclusive, alguns exemplares nascem com um olho de cada cor.

O focinho é largo e, geralmente vivem sem os 12 bigodes de outras raças de gatos. As orelhas são parecidas com as de um morcego, são grandes, largas e bem separadas entre si e, no interior, também não tem pelos.

Por não ter pelos, é necessário passar sempre o protetor solar, especialmente em um país tropical como o Brasil, caso contrário, as queimaduras poderão trazer incômodos e dor. Um xampu especial e hidratante também são indicados para a higiene do gato.

Outras raças de gatos sem pelo

Além do Sphynx, existem outras raças de gatos sem pelo. Alguns derivados do gato canadense, como é o caso do Peterbald e outros, muito especiais como o gato Kohona, originário do Hawai ou o gato Bambino.

Algumas delas ainda não estão popularizadas no Brasil ou em outras partes do mundo, mesmo tendo alguns que são bastante populares nas redes sociais. Como é o caso do Smeagol – the Sphynx, que tem seu próprio canal de Youtube, com mais de 15 mil inscritos com mais de 8.500.000 de visualizações.

Outra raça de gatos sem pelo é o russo Peterbald
Peterbald foi desenvolvido na Rússia
 Gato Peterbald

A raça ganhou esse nome em homenagem a Pedro, o Grande, czar e imperador  russo e fundador de San Petersburgo. Surgiu durante os anos 1990, como resultado do cruzamento entre o Siamês e Don Sphynx,. Uma curiosidade é que os filhotes nascem com pelos, porém, vão perdendo conforme vão crescendo.

Gato Kohona

A raça surgiu no Hawaii, em 2002, e ainda não está reconhecida como raça oficial, pois, existem poucos exemplares no mundo. O gato Kohona não possui nenhum folículo piloso e sua pele é bastante enrugado.

Bambino Cat
Bambino é o gato sem pelo e de pernas curtas
Bambino tem pernas curtas

Também pouco conhecida e difundida pelo mundo, este gatinho tem em suas patas curtas e orelhas grandes as suas características principais. Sabe-se que foi originado a partir do cruzamento das raças Munchkin e ol Sphynx. Sua pele é mais seca do que as demais raças de gatos e precisa ser muito bem cuidada. As pernas curtas,que o deixam com ar de “baixinho”, quase rastejante, explica o nome bambino (bebê ou pequeno, em italiano).

Don Sphynx

Conhecido como Donskoy na Rússia, de onde se originou, às margens do rio Don, de onde vem seu nome. Esta raça possui um gene dominante, ao contrário do Sphynx, que tem um gene recessivo. Seu caráter pacífico e companheiro permite a convivência com outros pets e com crianças.

Conheça O gato mais mau humorado do mundo

Levko Ucraniano

Raça desenvolvida por Elena de Biriukova, da Ucrania, que pesquisou e fez cruzamento das raças Donskoy  e Scottish Fold, resultando em um dos gatos sem pelo, mais peculiares, com suas orelhas dobradas para frente. São bastante sociáveis, tranquilos e gostam da presença dos tutores.

Elfo Cat
Uma das raças mais raras de gatos sem pelo
As orelhas caracterizam o Elfo Cat

Uma das raças mais raras do mundo, o Elfo se distingue dos demais pela orelhas curvadas para trás e sua pele lisa e sem pelos. Isso é consequência do cruzamento entre as raças American Curl  e  Sphynx.

Nos últimos anos, as raças de gatos sem pelos são bastante procuradas por tutores alérgicos, mas, é sempre bom destacar: as alergias são desencadeadas nos humanos, não por meio dos pelos dos gatos, mas, sobretudo, pela urina, saliva, descamações e secreções, que ficam presas nos pelos dos pets.

Com ou sem pelo, as alergias poderão surgir, devido ao fato de que essas substâncias serão liberadas pelos gatos.

Um pouco do Sphynx

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu