Nenhum comentário

Quando você deve castrar seu cão para evitar riscos à saúde?

Estudo californiano orienta quando castrar seu cão

“Castrar é um ato de amor”, “Castrar para evitar doenças”, “Castrar os pets para evitar superpopulação”, são tantos argumentos a favor que já é consenso que deve-se castrar o mais cedo possível. Um estudo mostra que não e lança novamente a questão de quando castrar seu cão.

Nos EUA,  em grande parte da Europa, e no Brasil também, a prática de esterilização de cães machos e fêmeas  tornou-se rotineira e está sendo realizada cada vez mais aos 6 meses de idade, ou antes deles. Dependendo da raça, isso poderá colocar o cão em riscos de saúde futuros.

Algumas raças de cães têm maior risco de desenvolver certos câncer e doenças articulares se esterilizadas no seu primeiro ano de vida. Até agora, os estudos apenas tinham avaliado esse risco em algumas raças de cães.

Um novo estudo de 10 anos realizado por investigadores da Universidade da Califórnia, Davis, Estados Unidos, que examinou 35 raças de cães e constatou que a vulnerabilidade da castração varia muito dependendo da raça. O resultado foi publicado na revista Frontiers in Veterinary Science

O estudo californiano com 35 raças

A pesquisa já se revela no título “Apoio à tomada de decisões sobre a idade de castração para 35 raças de cães: distúrbios articulares associados, cancros e incontinência urinária (em inglês Assisting Decision-Making on Age of Neutering for 35 Breeds of Dogs: Associated Joint Disorders, Cancers, and Urinary Incontinence).

Os trabalhos foram conduzidos por um grupo de pesquisadores, formado por Benjamim L. Hart – Departamento de Anatomia, Fisiologia e Biologia Celular, Lynette A. Hart e Abigail P. Thigpen – Departamento de Saúde Populacional e Reprodução, Faculdade de Medicina Veterinária, e Neil H. Willits – Departamento de Estatística, todos da Universidade da Califórnia, Davis, Davis, CA, Estados Unidos.

Quando castrar seu cao é uma duvida recorrente nos tutores
Cães de porte pequeno têm menor probabilidades de problemas articulares

O objetivo deste estudo foi analisar, em uma variedade de raças adicionais, os riscos acrescidos, se houver, dos distúrbios articulares e cânceres associados à esterilização de cães machos e fêmeas em várias idades, de modo a aumentar as informações disponíveis para os proprietários e veterinários de animais de estimação para consideração na tomada de decisões relativas à esterilização de cães específicos.

Diferente de outros estudos , onde são escolhidas raças específicas para análise, neste estudo de quando castrar seu cão, foram adicionadas 29 novas raças ao estudo, separando três variedades de Poodles, para um total de 32 grupos de raças; isto fez um total de 35 raças com os Goldens, Labs e Pastores Alemães incluídos.

E, desta forma oferecer aos tutores informações baseadas em evidências científicas e comprovadas  sobre diferenças específicas da raça com vulnerabilidade à esterilização. Para isso, também foi utilizado a base de dados dos hospitais veterinários

Os resultados

“Há uma enorme disparidade entre diferentes raças”, afirma o pesquisador Benjamin Hart, ilustre. Para ele, não há um “tamanho único” quando se trata de riscos para a saúde e da idade em que um cão é castrado. “Algumas raças desenvolveram problemas, outras não. Algumas podem ter desenvolvido distúrbios nas articulações, porém, não câncer ou o contrário”, completa.

Entre a descoberta está o tamanho do pet, onde, as raças pequenas não apresentaram problemas de articulação. Já, nas raças maiores o problema foi recorrente.

Leia também: Pets ganham novas terapias

Os distúrbios articulares incluem displasia de quadril, ruptura ou rotura do ligamento cruzado cranial e displasia do cotovelo. Os cânceres incluem linfoma, tumor no mastócito, hemangiossarcoma e osteossarcoma.

A co-autora Lynette Hart, professora na Faculdade de Medicina Veterinária da UC Davis, relata que uma  surpreendente exceção foi entre as duas raças gigantes – os grandes dinamarqueses e os  wolfhounds irlandeses – que não mostraram um risco acrescido de doenças articulares quando castrados em qualquer idade.

Outra descoberta importante foi que o sexo do cão fazia por vezes uma diferença nos riscos para a saúde quando castrado. As fêmeas de Boston terriers castradas aos seis meses de idade padrão não tinham aumentado o risco de distúrbios nas articulações ou câncer em comparação com cães intactos,

Por sua vez, os machos Boston terriers castrados antes de um ano de idade tinham aumentado significativamente os riscos.

É importante conversar com os Veterinários

Tutores de todas as partes do mundo têm dúvidas de quando castrar seu cão . Estes escolhem a esterilização de cães, machos ou fêmeas, com intuito de evitar superpopulação, reduzir animais em abrigos e ruas, evitar doenças e tantos outros argumentos. E, essa castração está ocorrendo cada vez mais cedo.

Raças maiores podem apresentar problemas articulares quando castrar

O estudo da Universidade da Califórnia, Davis, aponta para o risco que algumas raças estão expostas quando castradas no primeiro ano de vida. A esterilização pode estar associada ao aumento dos riscos de distúrbios articulares debilitantes e alguns tipos de cânceres.

Isso complica a decisão dos tutores sobre a castração nos primeiros meses de vida, tão divulgada e aceita como necessária.

Este estudo orienta que tutores e veterinários precisam considerar cuidadosamente quando e se devem ter seus cães castrados.

“Achamos que é a decisão do dono de quando castrar seu cão, em consulta com seu veterinário, e não as expectativas da sociedade que deve ditar quando castrar”, polemiza o Professor Hart. “Esta é uma mudança de paradigma para a operação mais comumente realizada na prática veterinária”, conclui o especialista.

When should you spay your dog to avoid health risks?

Pet owners in the United States, Europe and Brazil, are choosing to spay their dogs as early as possible, in general, in the first six months.

This is to avoid future health problems, overpopulation, mistreated street animals and so many other arguments. There is even the slogan that says "Castrating is an act of love".

A study by the University of California, Davis, suggests that dog owners should carefully consider when and if they should have their dogs spayed.

35 breeds, of different sizes, were analyzed during 10 years and it was found that certain breeds may develop some types of cancer and joint diseases if sterilized or sterilized in their first year of life.

The research was conducted by a group of researchers, formed by Benjamim L. Hart - Department of Anatomy, Physiology and Cell Biology, Lynette A. Hart and Abigail P. Thigpen - Department of Population and Reproductive Health, Faculty of Veterinary Medicine, and Neil H. Willits - Department of Statistics, all at the University of California, Davis, Davis, CA, United States.

"We think it's the decision of the pet owner, in consultation with their veterinarian, not society's expectations that should dictate when to neuter," said Benjamin Hart. "This is a paradigm shift for the most commonly performed operation in veterinary practice."

Collaboration and text in English by Felipe Paiola ==== Colaboração e texto em inglês de Felipe Paiola

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu